Notícias

Investimentos em apicultura beneficiarão 160 famílias no Piauí

Publicada em 26/05/2014

Investimentos em apicultura beneficiarão 160 famílias no Piauí

 A produção de mel no estado do Piauí terá investimentos de R$ 886,6 mil que serão aplicados na reforma e adequação de 20 unidades de extração dos produtos da abelha.

 

A estruturação vai beneficiar cerca de 160 famílias piauienses. A reforma e a adequação das unidades no Piauí está sendo realizada através de parceria entre Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), juntamente com o eixo Inclusão Produtiva do Plano Brasil Sem Miséria e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). 

O objetivo é atender às exigências mercadológicas e dos órgãos de controle sanitário e melhorar as condições de produção e acesso ao mercado.

Organizados em cooperativas ou associações, os produtores de mel do estado desenvolvem diversas iniciativas de melhoria da produção e de comercialização, por meio de empreendimentos como a Central de Cooperativas Apícolas do Semiárido Brasileiro (Casa Apis) e a Cooperativa Mista dos Apicultores da Microrregião de Simplício Mendes (Comapi), entre outros parceiros.

Da Casa Apis fazem parte oito cooperativas em 52 municípios do Piauí e Ceará. Ela abrange 231 localidades e 960 apicultores integram a entidade. Em 2013, a Central e suas oito singulares produziram 407,2 mil quilos de mel, comercializaram internamente e exportaram o equivalente a R$ 3,3 milhões. Desse valor, R$ 2,5 milhões foram comercializados para o exterior, com o envio de 17 contêineres de mel.

A estruturação vem atender, principalmente, às exigências do mercado externo, de acordo com informações do presidente da Federação das Entidades Apícolas do Piauí, Antônio Leopoldino Dantas Filho. “Precisamos adequar o layout já exigido pela Europa e que breve virá dos Estados Unidos. As unidades que não estiverem adequadas não poderão exportar, por isso as reformas são tão importantes para que o mel não perca qualidade e valor”, diz. Ele informa ainda que na Casa Apis existem 40 unidades de extração do mel.

Fonte Portal AZ